Como o “tapering” afetará os negócios na área de energia?

Rafael Herzberg é sócio da Interact Ltda Consultoria em Energia

Tapering é uma palavra usada pelo mercado financeiro americano para designar uma redução – incialmente da ordem de USD 10 Bilhões/mês – no volume total de USD 85 Bilhões/mês que o FED (banco central) tem injetado (desde a crise de 2008) para estimular a economia dos Estados Unidos.

Os noticiários brasileiros, tanto os da grande imprensa como os especializados na área de energia, deram pouquíssimo ou mesmo nenhum destaque à decisão do FED, desta semana, de adiar o início do tapering. Mas, quem acompanha o mercado financeiro e de energia, pôde verificar as bruscas oscilações nas moedas e nos ativos em todo o mundo que ocorreram logo após o anúncio do FED.

A maior e mais importante economia do mundo tem uma enorme influência em tudo que acontece em nosso planeta. Então faz sentido avaliar cuidadosamente o que o tapering poderá causar para todos os ofertantes da cadeia de valor do setor da energia e de seus clientes aqui no Brasil.

Seguramente os negócios mudarão. Quem se antecipar, começando por conhecer o que poderá vir com o tapering, estará muito mais bem preparado para tomar decisões de qualidade do que aquele que futuramente for obrigado a reagir no sufoco do acontecido. Trata-se de uma questão de estratégia.

Solicite uma apresentação in-company (que inclui uma parte inicial expositiva que farei, seguida de uma discussão sobre este assunto), enviando e-mail para rafael@interact-energia.com.br indicando data desejada, localização e seus dados de contato.

Comentários encerrados.